sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

QUAL SERA O FUTURO DA HUMANIDADE?

Estamos vivendo em um mundo, cada dia que passa, mais capitalista, a solidariedade, a compaixão, a comunhão, a empatia e o respeito, acima de tudo, está em extinção, a ganância pelo poder esta tomando conta do homem, e transformando na maior praga já existente em todos os tempos, um predador faminto por riquezas, consumindo descontroladamente os recursos naturais existentes, eliminando todo tipo de obstaculo que o impessa. Surge esta nova epidemia de Capitalismo Selvagem, onde somente os mais fortes sobrevivem.
Filantropia é pura Utopia, Direitos Humanos é fantasia e a Política é repleta de Demagogia.
Hoje valemos o que temos, e não o que somos intrinsecamente, faz tempo que o poder financeiro tomou o lugar do caráter ao avaliarmos o próximo, um exemplo real disso é o Ricardo Teixeira, que esta em alta na mídia, tem muito mais admiradores e bajuladores que, por exemplo, INRI Cristo. Criminosos bem sucessidos têm muito mais respeito e admiradores que, por exemplo, um guarda-vidas de praia, que estudou, treinou, ama o que faz, ganha pouco para prestar serviços para a sociedade, ao contrario de um traficante, que enche o bolso de dinheiro aproveitando-se da fraqueza, vicio, doença e desgraça do próximo.
O mundo caminha para o Caos, as crianças estão trocando brincadeiras e musicas infantis por funk, sexo, drogas e crime, e a maioria dos pais, quando não incentivam, acham graça do que vêem.
E a culpa é de quem? Da diferença social existente? Da falta de oportunidades? Da falta de investimento na educação? Da falta de empregos? NÃO, a culpa é de cada um de nós, pois aceitamos calados a situação, e preferimos nos adaptar e sobreviver neste cenário de corrupção, violência, impunidade, descaso e injustiça, do que tentarmos fazer a diferença.
Mas como isto é possível num mundo que já esta perdido? Qual é a receita para algo que não tem remédio? A resposta é começarmos a ter vergonha na cara e ver que a culpa é nossa, perdemos nossa dignidade perante os fatos, nossos princípios foram deixados de lado, a única coisa que sobrou foi a esperança de que dias melhores virão.
E fazer o que? Sair como um revoltado em busca de revolução? Tentar consertar as coisas como um super- herói de historias em quadrinhos?
Estamos deixando a vida nos levar, e olha para onde estamos indo heim, devemos planejar, sabermos o que queremos la na frente, é preciso semear, cultivar, regar, podar, para somente depois de muito tempo começarmos a colher o que plantamos la atrás.
O antídoto para tudo isto que vemos acontecer com nossa sociedade, é a educação que damos aos nossos filhos.
O presente é o reflexo do passado, e o futuro será o reflexo do presente, os filhos que damos total liberdade hoje de fazerem o que bem entendem, serão os homens do futuro, não esqueçam que Dilma já foi criança, Obama já foi criança, Mahmoud Ahmadinejad já foi também, estes e muitos outros estão no comando controlando nossas vidas. Beira Mar, Escadinha, Fabiano Atanazio, e muitos outros, já foram crianças, bem como todos tipos de criminosos existentes na face da terra, inclusive os de colarinho branco, os piores.
Pelo jeito a profecia do filme 2012, não esta longe de acontecer, o homem já provou que tem este dom, Julio Verne escreveu Vinte Mil Léguas Submarinas, e na época nem imaginava que um dia seriam construídos submarinos.
A raça humana esta se autodestruindo aos poucos.
Com certeza DEUS deve estar envergonhado de sua semelhante imagem que lançou na terra, e quem leu a historia sabe o que ele fez no passado, os presságios já estão acontecendo.
Que DEUS tenha piedade de todos nós.
Paulo Roberto Harbs

ACREDITE EM VOCE!!!

A vida coloca em nossos destinos pessoas e obstáculos,
A cada obstáculo uma surpresa, as vezes estas surpresas são desagradáveis
Basta saber lidar com esta situação e daremos a volta por cima.

As pessoas que passam pelo nosso caminho deixam marcas,
Algumas deixam marcas inesquecíveis e agradáveis de se lembrar
E outras deixam marcas de dor e sofrimento, mas é só encará-las de frente.

Superar situações é sinal de força e coragem,
Mas as vezes começamos a nos decepcionar sem tentar superá-las
E nos damos por vencidos, mas levante a cabeça e encare todas elas com justiça e sabedoria.

As vezes pensamos em desistir de tudo e de todos, e nos entregar de corpo e alma a uma pessoa,
Mas pense bem, será que esta pessoa merece todo este sacrificio?
Não haja por impulso, sempre pare, pense e reflita, com calma, justiça e sabedoria.

Não deixe de lutar pelos seus ideais e por tudo aquilo que você acha que é o certo a fazer...
Nunca magoe uma pessoa, pois depois você podera ser magoado...
Nunca deixe a inveja, mentira e ambição tomarem conta de você,
lute contra as coisas que vão causar dor e sofrimento...

Lembre-se sempre a vida é para ser vivida com cuidado e sabedoria,
Aproveite para fazer as pazes com as pessoas que você teve algum desentendimento
E nunca esqueça que você é a peça fundamental para fazer um mundo melhor para se viver..
E a vida também é construída por você,
então à construa da melhor maneira possível e não deixando imperfeições.
Aprenda com o passado, faça certo o presente e planeje o futuro.

Hoje estou colhendo frutos que plantei la atras, e estou semeando e cultivando pra colher la na frente.

PASSADO, PRESENTE E FUTURO

Oi familia... no passado, não fui exatamente a pessoa que você pediu; menti, enganei, e te magoei, achei que nosso caso não duraria, ate acontecer um algo mais, o amor começou a nascer, só que foi tarde demais; Te perdi, e nesse tempo toda a minha esperança foi embora contigo, perdi peso, sonhos, e minha vida foi se destruindo;


Como estudante fiz cursos, como pessoa evolui. Mas nem diplomas, nem vitorias pessoais trouxeram-na de volta. Fiquei só, vivendo apenas meus sonhos. Até que um dia nos encontramos e com o tempo passado mudei e tenho provado que realmente mudei.




Hoje apesar de ter te conquistado, perdi sua confiança, e não tenho encontrado meios de conquistá-la, o amor que sentias por mim, hoje sinto por ti. Choro ao lembrar que te magoei, e sofro ao saber que ainda não confias em mim. Hoje sofro por dizer a verdade, conseqüências de um passado errado, um presente corrigido e um futuro mudado.



 Para suprir esta dor tento ser o melhor chefe de familia possivel dentro de minhas limitaçoes, pois hoje sou pai, sou marido e construi minha familia, e isto me conforta e me fortalece muito.
Que esse futuro seja com você. Te amo, Eternamente.



SAUDADES

Hoje o sol não brilhou....
Os pássaros não cantaram...
Os risos se calaram...
E as lágrimas rolaram em meu rosto...
Meu coração sofre em silêncio...
Hoje eu queria que essa verdade, fosse mentira, que fosse um pesadelo e que ao acordar encontraria o meu mundo normal.
Queria ter tido mais tempo para demonstrar os meus sentimentos por você.
Essa dor mais uma vez bate a minha porta, e o pior é que tenho a certeza de que não será a última vez.
Tenho que aprender a aceitar a morte como um fator natural do ciclo da vida, assim sofrerei menos.
Assim como o sol um dia volta a brilhar....
Os pássaros cantar...
E as flores a florir...
As minha lágrimas aos poucos cessam, a minha dor aos poucos se esvai e a minha alma se conforta.
Agora restam apenas lembranças.



Lembranças de um tempo bom que não volta mais.
Não volta, os risos trocados, os abraços apertados, as histórias antigas, as visitas das férias, os passeios de família...
Agora tudo o que sinto é SAUDADE.
Jamais esquecerei cada momento que vivemos juntos.
Obrigado por ter sido o maior e melhor Avô.
IN MEMORIAN
ROBERTO HARBS

NINGUÉM É MAIS QUE NINGUÉM ABSOLUTAMENTE

Somos todos vulneráveis ao medo, ao amor, a dor, a insegurança e aos erros. Isto é algo involuntário, não conseguimos mudar as regras.
Todos que sofrem uma humilhação uma vez na vida, sentem a humildade brotar dentro do coração.
A arrogância que nos leva a acreditar que somos superiores aos outros, tem origem no medo de sermos inferiores.
Quando se faz o bem conscientemente,quando se faz com naturalidade, sem soberba, sem arrogância, por uma necessidade espectral, a vida, logicamente, se amplia.

Conseguir que as gerações futuras sejam mais felizes que a nossa será o prêmio maior a que possamos aspirar.
Dói mais ao invejoso, à humildade do sábio que à arrogância do intelectual.
Vivemos numa sociedade onde o poder foi confundido com prepotência e o respeito parece se esvair lentamente com a chegada do autoritarismo.

Procuro manter o equilíbrio da emoção com a razão de modo que o excesso de confiança não me torne um insensível, pois a realidade é que sou friamente cauteloso naquilo que faço, e tenho forças no que realmente acredito, não tenho medo da minha própria sombra, como também não tenho medo de qualquer um que represente uma ameaça, pois a desconfiança excessiva tende a me tornar intolerante...
Não tente me definir, não tente me compreender, o que eu realmente sou vai além do que você possa ver, aliás, só vêem o que eu quero que veja ou quem eu quero que veja...
Infelizmente, ou felizmente, depende do ponto de vista, carrego alguns rótulos chatos, mas não se preocupe com isso, aprendi a ser uma pessoa sociável e agradável quando quero e posso te oferecer muito mais do que imagina...
Não me julgue ao ler essa breve descrição, não encare como prepotência, não tire suas conclusões sem me conhecer, seria limitado demais da sua parte...
Não tire suas opiniões ao meu respeito pelo que considera correto, não existe verdades absolutas, nunca disse que sou perfeito, defeitos são inerentes e diversos, e os tenho aos montes...
Deste mundo não levamos nada, nossos corpos terão o mesmo destino, a qualquer momento, Independente de cargo, status ou poder aquisitivo.
O segredo em viver socialmente esta no uso da empatia.

CONVITE AOS MEUS AMIGOS

https://www.priv8brands.com/invite/pauloharbs

QUEM NÃO SE LEMBRA?

As manias da década de 80
Lembra disso...
- Fazer curso de datilografia
- Fazer provas com cheiro de álcool, recém copiadas no mimiógrafo
- Usar caneta de 10 cores com cheiro (E aquelas BIC de quatro cores?)
- Ver a Gretchen cantar "Conga La Conga"
- Levar aquele lanche gostoso para a escola na merendeira
- usar avental ate o ginasio, que mico eu paguei, fui o unico a ir no primeiro dia da quinta serie, rsrsrsrsrssr
- Tentar fazer o break do Michael Jackson
- Brincar de "Estátua", "Batata-quente", "Queimada", "Pega-pega", "Pique-esconde", "Forca", "Cabra-cega", "Passa Anel", "Amarelinha", "Casamento Atras da Porta", Mae da Rua, jogar Taco, Balaozinho de sacolinhas, empurrar pneus com cabos de vassoura, fazer carrinhos de lata de Nescau, Galinha choca com jornal, Policia e Ladrao, Carrinho de rolemãs, soltar capucheta, bolinha de gude, Zuncar o Peao na ladeira, beijo abraço e aperto de mao,Mae da Mula, tres dentro tres fora, rebatida, linha, descer uma ladeira sentado em cima de formicas
- Comer "Lollo", antes de se chamar "Milkbar"
- Colecionar e trocar papel de carta, tampinha de garrafas, embalagens de cigarro
- bater bafo com figurinhas herois do tri, batman, etc
- comprar albuns que davam premios, precisava da figurinha chave
- Pular elástico
- fazer pimbal com pregos, pregaqdores e bolinha de gude
- trocar um conga por um bamba cabeçao
- Usar brilhos labiais que o pote tinha o formato de um morango
- Ploc Gigante? Bala Soft? Bebia Crush? Comia bala Xaxá? Pirulito do zorro, Chiclete Buzzy, Dip Lik (Aquele pirulito do pozinho), Mini-Chiclets e o pirulito que vinha com hélice, pra girar e voar (Pirocóptero), tubaina, teta de nega, doce de abobora, maria mole, Spiker
- Colecionar cartões com figuras de bichinhos que vinha no chocolate Surpresa
- Tinha aquela régua que ao bater no braço se enroscava como uma pulseira a Bate-Enrola?
- Usou polainas e tinha patins de prender nos tênis?
- Colecionar mini garrafas de refrigerantes (E a mãe dizia que tinha veneno dentro para que a gente não bebesse..)
- Colecionar os iô-iôs da Coca-Cola
- trocar as bilhas do Skate por rolamentos, trocar as rodinhas saboneteiras por emborrachadas
- fazer rolo em peças de bicicletas ate chegar a ter tudo Light, diacomp, rodas araia, pedivela sugino, quadro jna
- Pegar LP's emprestados
- Montar coletâneas em fitas-cassete
- Ouviu os boatos de que o boneco do Fofão tinha uma faca e uma vela dentro
- Bebeu jarros e mais jarros de Ki-Suco.... Ou fez picolés na forminha de gelo com Ki-Suco?
- Assistir jogo de Volei da seleção, esperando ver o saque Jornada Nas Estrelas do Bernard!!!
- Botar Kichute pra jogar bola
- Faltar aula pra não levar ovo na cabeça no dia de aniversário
- jogar saia maia nos intervalos
- Fazer conta em relógio calculadora
- apostar material escolar nos dados
- jogar batalha naval e uestop nas aulas vagas
- Quebrar Joystick jogando Decathlon
- Ter medo da União Soviética
- Tirar foto debruçado numa carteira da escola com um globo ao lado
Se lembrarem de mais fiquem a vontade para comentar
E hoje a mulecada resume tudo em funk, é fod#$%¨&*

CARTA DE UM AMERICANO AOS BRASILEIROS

“Caros amigos brasileiros e ‘ricaços’”,

Vocês brasileiros pagam o dobro do que os americanos pagam pela água que consomem.

Embora tenham água doce disponível, aproximadamente 25% da reserva mundial de água Doce está no Brasil.
Vocês brasileiros pagam 60% a mais nas tarifas de telefone e eletricidade. Embora 95% da produção de energia em seu país seja hidroelétrica (mais barata e não poluente).

Enquanto nós, pobres americanos, somente podemos pagar pela energia altamente poluente, produzidas por usinas termelétricas à base de carvão e petróleo e as perigosas usinas Nucleares.
E por falar em petróleo...

Vocês brasileiros pagam o dobro pela gasolina, que ainda por cima é de má qualidade, que acabam com os motores dos carros, misturas para beneficiar os usineiros de álcool. Não dá para entender, seu país é quase auto-suficiente em produção de petróleo (75% é produzido aí) e ainda assim tem preços tão elevados. Aqui nos EUA nós defendemos com unhas e dentes o preço do combustível que está estabilizado há vários anos US$ 0,30 ou seja R$ 0,90. Obs.: gasolina pura, sem mistura.
E por falar em carro...

Vocês brasileiros pagam R$ 40 mil por um carro que nós, nos EUA, pagamos R$ 20 mil. Vocês dão de presente para seu governo R$ 20 mil para gastar não se sabe com que e nem aonde, já que os serviços públicos no Brasil são um lixo perto dos serviços prestados pelo setor público nos EUA. Na Flórida, caros brasileiros, nós somos muito pobres; o governo estadual cobra apenas 2% de imposto sobre o valor agregado (equivalente ao ICMS no Brasil, e mais 4% de imposto federal, o que dá um total de 6%.E já que falamos de impostos...

Eu não entendo porque vocês alegam serem pobres, se, afinal, vocês não se importam em pagar, além desse absurdo ICMS, mais PIS, CONFINS, CPMF, ISS, IPTU, IR, ITR e outras dezenas de impostos, taxas e contribuições, em geral, com efeito cascata, de imposto sobre imposto, e ainda assim fazem festa em estádios de futebol e nas passarelas de Carnaval. Sinal de que não se incomodam com esse confisco maligno que o governo promove, lhes tirando quatro meses por ano de seu suado trabalho.

De acordo com estudos realizados, um brasileiro trabalha quatro meses por ano somente para pagar a carga tributária de impostos diretos e indiretos.

Segue...
Nós americanos lembramos que somos extremamente pobres, tanto que o governo isenta de pagar imposto de renda todos que ganham menos de US$ 3 mil dólares por mês (equivalente a R$ 9.300,00), enquanto aí no Brasil os assalariados devem viver muito bem, pois pagam imposto de renda todos que ganham a partir de R$ 1.200,00. Além disso, vocês têm desconto retido na fonte, ou seja, ainda antecipam o imposto para o governo, sem saber se vão ter renda até o final do ano. Aqui nos EUA nos declaramos o imposto de renda apenas no final do ano, e caso tenhamos tido renda, ai sim recolhemos o valor devido aos cofres públicos. Essa certeza nos bons resultados futuros torna o Brasil um país insuperável.

Aí no Brasil vocês pagam escolas e livros para seus filhos, porque afinal, devem nadar em dinheiro, e aqui nos EUA, nós, pobres de país americano, como não temos toda essa fortuna, mandamos nossos filhos para as excelentes escolas públicas com livros gratuitos. Vocês, ricaços do Brasil, quando tomam no banco um empréstimo pessoal, pagam POR MÊS o que nós pobres americanos pagamos POR ANO.
E por falar em pagamentos...Caro amigo brasileiro, quando você me contou que pagou R$ 2,500.00 pelo seguro de seu carro, aí sim, eu confirmei a minha tese: vocês são podres de rico!!!!!!!!

Nós nunca poderíamos pagar tudo isso por um simples seguro de automóvel. Por meu carro grande e luxuoso, eu pago US$ 345,00. Quando você me disse que também paga R$ 1.700,00 de IPVA pelo seu carro, não tive mais dúvidas. Nós pagamos apenas US$ 15,00 de licenciamento anual, não importando qual tipo de veiculo seja. Afinal, quem é rico e quem é pobre?

Aí no Brasil 20% da população economicamente ativa não trabalha. Aqui, não podemos nos dar ao luxo de sustentar além de 4% da população que está desempregada.
Não é mais rico quem pode sustentar mais gente que não trabalha???

Comentários:
Caro leitor, estou sem argumentos para contestar este ianque. Afinal, a moda nacional brasileira é a aparência. Cada vez mais vamos nos convencendo de que não é preciso ser, basta parecer ser. E, afinal, gastando muito, a gente aparenta ser rico. Realmente é difícil comparar esta grande nação chamada EUA que desde o seu descobrimento teve uma colonização de povoamento, com nosso país que foi colônia de exploração por mais de 300 anos, com nossas riquezas sendo enviadas para Portugal. E hoje ainda sofremos com essa exploração, só que dos próprios governantes que pilham e enviam nossas riquezas para suas contas bancárias em paraísos fiscais. E não fazemos nada para promover uma mudança radical de atitudes, conceitos e afirmação de nossa dignidade. Precisamos sair deste comodismo que estamos vivendo ou o sonho do País do futuro será apenas um ideal na boca dos demagogos que estão no poder.
Assina: Alexandre Garcia

CONCLUSÃO:

“Não se trata de sermos um país rico, mas sim de uma República de BANANAS!!!!!!!!!!!!!!”
Leiam e passem adiante.

O objetivo é fazer chegar esta mensagem ao máximo de pessoas para sensibilizar e conscientizar este povo brasileiro que aceita tudo que o governo dita, sem contestar.

PERDOAR, EIS A QUESTÃO

Voce consegue perdoar?  Perdão entre os homens, esforço muitas vezes sobre-humano, tarefa tão complexa que dizemos, em fuga, que “perdoar é divino”, como se a nós só nos restasse o errar, tão humano.
Ah, como é difícil... perdoar e se libertar.
Perdão e ressentimento andam juntos como a cicatriz e a memória da dor.
Não há perdão enquanto estamos ocupados polindo os monumentos que erguemos à mágoa. Não há saída enquanto revemos sem cessar o filme de uma história triste seja ela de deslealdade, traição, injustiça. Não há descanso enquanto nos vemos como vítimas do ressentimento e protagonistas da dor. Não há trégua enquanto desperdiçamos tempo e mundo, enquanto fazemos de um episódio pesado o acontecimento mais importante da nossa vida, enquanto mantemos os holofotes sobre a velha cena. Não há sanidade enquanto nos alimentamos de amargura e bílis, enquanto engendramos vinganças e tumores, enquanto cuidamos das feridas com zelo para que não cicatrizem..
Ah, como é difícil... pois é preciso querer sair da rede.
Entender como é inútil sentir raiva, desejar o mal, torcer contra e invocar a ira divina. Como é simplista se apegar ao “aqui se faz, aqui se paga”. Como é inócuo recontar a mesma história pela milésima vez e tentar convencer ao maior número de pessoas da legitimidade dos seus motivos. Como é ingênuo pensar que de alguma forma o não perdoar atinja quem nos feriu. Como é absurdo pensar que dispomos de algum condão capaz de transformar a vida alheia com nossa falta de perdão. Como é fundamental perceber que o não perdão nos mantêm presos àqueles que nos magoaram: somos nós quem ficamos com as pernas amarradas, ninguém mais.
Haja coragem! É como trocar de pele, faxinar a alma e jogar fora o entulho. É abrir espaço emocional e inventar um novo tempo. É retomar a escrita do livro da vida sem a co-autoria do ressentimento.
Não é simples como desculpar. Isso fazemos a toda hora para melhor viver. Você se des-culpa e des-culpa o outro por palavras levianas, atrasos, pequenos prejuízos ou grosserias. É um acerto entre as partes e precisa ser explicitado. Perdoar é diferente; o perdão começa nas entranhas e não precisa ser proferido, declarado. Coisa de foro íntimo e uso interno. Unilateral.
Perdoar é se desvencilhar do passado, da perpetuação da traição, da contabilidade dos danos. Não é assunto dos deuses, tem a ver com sabedoria. O perdão liberta o ferido, só isso. Não é um gesto para o outro. Não salva ninguém. É uma conquista pessoal que só beneficia a quem perdoa.
Perdoamos quando concedemos indulto às penas, quase perpétuas, impostas a nós mesmos. Quando revogamos as sentenças injustas, que nos ancoram às nossas tragédias pessoais.
Perdoamos quando deixamos de querer entender os porquês, por que nem tudo tem lógica ou explicação. Quando paramos de nos torturar com o que poderíamos ter dito ou não dito, feito ou não feito, para evitar o curso dos acontecimentos.
“Perdão é quando amor e justiça se encontram.”, disse Michael Cimino.
É quando nos amamos o suficiente para nos libertarmos do círculo infernal do re-sentir e das dores com validade vencida; é quando fazemos justiça à nossa história e olhamos o outro, sem o capuz do verdugo, e apenas o vemos.
Perdoar é humano, tão humano quanto sofrer. Deuses absolvem. Homens perdoam. E quando isso acontece sentem-se aliviados e livres.
Perdoar é confeccionar asas para a alma.